domingo, 15 de fevereiro de 2009

Pertinho de Deus


Hoje estive na chácara, aquele lugar que fica fora da vibração da ansiedade... um lugar que você poderia chamar de "ambiente típico interiorano, onde um caboclo chamado Zé cria galinhas, cuida das ovelhas e fuma seu palheiro".
Tá, mas para mim este lugar mais parece um éden. A típica imagem de paraíso, com acréscimo de elementos cênicos como patinhos, marrecos, ovelhas, passarinhos, corujinhas, árvores e muito verde.
A gente respira aquele ar cheeeeio de verde e parece que o pulmão simplesmente ressuscita! A gente deita no chão e olha para o céu, vê aquelas árvores enormes e parece que a visão ganha um super-poder. Depois de um tempo, as batidas do coração vão voltando para o ritmo normal... e dá pra sentir que tenho uma ligação profunda com tudo aquilo, que as minhas células reconhecem esse ambiente como o estado natural, o verdadeiro, a pura energia...
E o cérebro só consegue repetir um mantra: "Que bom, que bom, que bom".
Aí eu fico querendo gravar aquela cena final das ovelhinhas saindo do pasto em fila, enquanto o sol se põe em meio às árvores e deixa alguns raios dourados escaparem sobre o lago. E não consigo parar de pensar em como é lindo. Daí eu olho pro lado e... lá está a Luiza, no alto dos seus ano e meio, apontando para a cena e dizendo: "mamãe, ovela.. mééé".
Hummm, sinto que hoje eu estive bem pertinho de Deus.

1 comentários:

Evani disse...

Só de ler o que você escreve sobre a beleza da chácara, a forma como você se expressa, nos transporta para o centro desta natureza, linda, maravilhosa, exuberante....
O verde, os bichinhos, as árvores, as ovelhas... você.... a Luiza...... o céu.....
Ah! São maravilhas encadeadas! É o Paraíso!
Evani

 

Impressões © 2010

temas blogspot -